Pontos Turísticos

Pontos turísticos de Campina Grande

Museu de História e Tecnologia do Algodão ou simplesmente Museu do Algodão é um museu situado na cidade paraibana de Campina Grande que visa principalmente guardar a memória da cultura do algodão no estado da Paraíba.O museu foi fundado na década de 1970 no prédio onde funcionava a velha estação ferroviária de Campina Grande, prédio que foi tombado pelo IPHAEP no ano de 2001.


Museu de Arte Popular da Paraíba (MAPP), também conhecido como Museu dos Três Pandeiros, está localizado às margens do Açude Velho na cidade de Campina Grande, estado da Paraíba. Projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, sendo sua última obra, o museu faz parte da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Foi inaugurado no dia 13 de dezembro de 2012.


Museu de Arte Assis Chateaubriand (MAC) é um museu de arte brasileiro, localizado na cidade de Campina Grande, no estado da Paraíba. Foi criado em 1967, fruto da Campanha Nacional dos Museus Regionais, idealizada pelo magnata das comunicações Assis Chateaubriand, que tinha por objetivo dotar as diferentes regiões do Brasil com expressivos acervos de arte. Foi administrado pela Fundação Universitária de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão (Furne), uma instituição privada sem fins lucrativos, que atualmente se chama Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

Imagem: CODECOM

Açude Velho é um corpo hídrico localizado no centro da cidade de Campina Grande, no estado da Paraíba, Brasil. Foi inicialmente uma fonte de abastecimento de água para Campina Grande e região. Depois, quando a cidade passou a ter abastecimento encanado de água, sua finalidade inicial se perdeu,e, hoje, é um cartão postal e patrimônio histórico da cidade.

Imagem: CODECOM

Estátuas de Luiz Gonzaga e Jackson do Pandeiro, é uma obra de arte esculpida em bronze é de autoria de Joaz Pereira Passos. Desde 2003 está fincado às margens do Açude Velho em Campina Grande, o local conhecido como ‘Farra da Bodega’. Desde então, mais um cartão-postal da cidade. Campinenses e turistas sentam no banquinho de bronze entre Jackson do Pandeiro (o ‘Rei do Ritmo’) e Gonzagão (o ‘Rei do Baião’) e posam para fotografias com as esculturas dos dois mestres. 


Teatro Municipal Severino Cabral se encontra na Avenida Floriano Peixoto, a principal avenida do Centro. Foi inaugurado no dia 30 de novembro de 1963, às 10 horas da manhã, construído por Severino Bezerra Cabral, prefeito de Campina que lhe deu nome. É considerado um ícone cultural, e um dos símbolos da cidade de Campina Grande, sendo sede de diversos eventos e palestras na cidade. Localizada às margens do Açude Velho, as estátuas intituladas de “Os Pioneiros da Borborema”é constituída de três figuras representativas: o índio, a catadora de algodão e o tropeiro. O índio representa a origem primitiva da cidade e sua força de luta. A catadora de algodão representa a força da mulher e o acentuado desenvolvimento industrial da cidade gerado pelo Ciclo Algodoeiro na Paraíba. O monumento tem sua frente em direção ao nascer do sol, demonstrando o progresso e a esperança com o futuro. Por muitos anos as estátuas indicavam a chegada à Campina Grande para quem chegava da capital e outras cidades do leste.

APOIO

  • UNIFIP
  • Bar e Restaurante Sabor Sertanejo
  • R9 Engenharia
  • CERTRO
  • Faculdade Mauricio de Nassau
  • Água Savoy
  • UNIFACISA
  • Cadesril - Muito mais caderno
  • ARAFISM
  • UNIMED
  • Sólido
  • Cursos IAPS
  • ABFP - Associação Brasileira de Fisioterapia Pélvica
  • ICS
  • CREFITO 1

REALIZAÇÃO

  • Universidade Estadual da Paraíba