Apresentação

O Encontro de Iniciação Científica da UEPB está completando, este ano, mais de um quarto de século. São 26 anos de uma experiência que mudou a vida de alunos, professores, técnicos e, sobretudo, da própria universidade. A Pós-graduação Stricto Sensu é tributária do PIBIC, da sua agenda de preocupações e enfrentamento de questões críticas para o desenvolvimento do Estado e Região.

As conquistas são muitas, mas os desafios também não são poucos. Vivemos um tempo de ataques e ameaças à pesquisa, sobretudo aquela produzida em universidades públicas e fora dos eixos Sul-Sudeste. O PIBIC também está ameaçado, mas continua irradiando resistência e esperança.

Ao longo desses 26 anos a UEPB não deixou faltar apoio ao PIBIC, mesmo em tempos de cortes orçamentários. A cota de bolsas mantidas pela própria instituição é o dobro da que é assegurada pelo CNPq. Nosso Programa, hoje, é referência em qualidade e quantidade, sobretudo no âmbito das Universidades Estaduais nordestinas.

Olhando para a nossa história podemos destacar cinco grandes contribuições do PIBIC para o desenvolvimento e consolidação de programas de pesquisa na UEPB e também para o desenvolvimento do próprio Estado: a) a formação de profissionais de alto nível, capazes de enfrentar problemas e tomar decisões; b) qualificação e renovação dos quadros docentes e de pesquisadores de diferentes instituições; c) inovação das agendas de pesquisa, focando em problemas locais e em soluções de baixo custo; d) incremento da pesquisa tecnológica, que resultaram em produtos e em patentes; e) inovações importantes nos processos de ensino-aprendizagem, em que se destacam metodologias ativas, participativas e resolução de problemas.

O tema do ENIC este ano – “Desafios e Perspectivas da Pesquisa Tecnico-Científica na Contemporaneidade” – nos convida a refletir sobre esse tempo de desafios, resistência, aprendências e esperanças.

Bom encontro a todos!

Profª. Dra. Maria José Lima da Silva

Pró-Reitora de Pós-Graduação e Pesquisa

Notícias