18 de outubro de 2019

Entre os dias 22 e 24 de outubro, a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa (PRPGP), realiza a 26ª edição do Encontro de Iniciação Científica (ENIC) da Instituição. Este ano, o tema central é “Desafios e as perspectivas da pesquisa técnico-científica na contemporaneidade”.

Durante o evento, 590 trabalhos de iniciação científica desenvolvidos por estudantes bolsistas e não bolsistas serão apresentados nas comunicações orais, o que representa um número recorde de projetos inscritos. A relação dos locais e horários das apresentações de cada trabalho já está disponível no site http://congresso.uepb.edu.br/pibic/.

A programação do ENIC conta também com palestras e minicursos, envolvendo temas diversos do mundo científico. Para os quatro minicursos ofertados, as inscrições estão abertas e podem ser feitas no endereço http://congresso.uepb.edu.br/pibic/minicursos/. Estão sendo ofertadas vagas para os minicursos “Redação de artigos científicos”, “Estratégias de pesquisa na internet”, “Conhecendo o Currículo Lattes” e “O papel do CEP/UEPB na proteção do ser humano e a submissão de protocolos de pesquisa na Plataforma Brasil”. Os minicursos serão realizados na tarde do dia 22 de outubro.

Professora Maria José Lima, pró-reitora de Pós-Graduação e Pesquisa da UEPB, destaca que a pesquisa está vivendo tempos de ataques e ameaças, sobretudo aquela produzida em universidades públicas e fora dos eixos Sul-Sudeste, o que ameaça também o PIBIC, que segue graças à sua resistência. “Ao longo desses 26 anos, a UEPB não deixou faltar apoio ao PIBIC, mesmo em tempos de cortes orçamentários. A cota de bolsas mantidas pela Instituição é o dobro da que é assegurada pelo CNPq. Nosso programa, hoje, é referência em qualidade e quantidade, sobretudo no âmbito das universidades estaduais nordestinas”, ressalta.

Ela frisa, ainda, que o tema do ENIC deste ano convida toda comunidade a refletir sobre esse tempo de desafios, resistência, aprendências e esperanças. Destaca-se no PIBIC pelo menos cinco grandes contribuições para o desenvolvimento e consolidação de programas de pesquisa na UEPB e também para o desenvolvimento do próprio Estado: formação de profissionais de alto nível, capazes de enfrentar problemas e tomar decisões; qualificação e renovação dos quadros docentes e de pesquisadores de diferentes instituições; inovação das agendas de pesquisa, focando em problemas locais e em soluções de baixo custo; incremento da pesquisa tecnológica, que resultaram em produtos e em patentes; além de inovações importantes nos processos de ensino-aprendizagem, em que se destacam metodologias ativas, participativas e resolução de problemas.

A abertura oficial do 26º ENIC será realizada às 9h, no Auditório do Departamento de Psicologia, quando o professor Isac Almeida de Medeiros, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), ministrará a palestra inaugural “Ciência e tecnologia: desafios e perspectivas”. Outras informações sobre o evento podem ser obtidas pelo site http://congresso.uepb.edu.br/pibic/ ou pelo telefone (83) 3315-3388.

Texto: Tatiana Brandão

20 de setembro de 2019

“SUAS CONFIGURAÇÕES DE CONHECIMENTO ESTÃO DESATUALIZADAS”

 

CONTEXTUALIZAÇÃO

 

Em razão da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) que acontece anualmente de 21 a 27 de outubro em todas as Instituições ligadas à ciência e tecnologia no Brasil; a Biblioteca Central da Universidade Estadual da Paraíba (BC/UEPB) organizará o evento “Caminhos do Conhecimento”, com a temática central “Suas configurações de conhecimento estão desatualizadas”.

A SNCT é o maior evento de popularização da ciência do Brasil. Coordenada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, conta com a colaboração de universidades e instituições de pesquisa; escolas; institutos de ensino tecnológico, centros e museus de C&T; entidades científicas; fundações de apoio à pesquisa; parques ambientais, unidades de conservação, jardins botânicos e zoológicos; secretarias estaduais e municipais de C&T e de educação; empresas públicas e privadas; ONGs e outras entidades da sociedade civil.

A data de realização do evento compreende do dia 24 a 31 de outubro do ano corrente, nas instalações da Biblioteca Central do Campus I (Campina Grande) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

 

PROGRAMAÇÃO

 

Exposição “Biblioteca ontem e hoje” – Permanente durante toda a semana

 Os novos suportes de informação científica – Manhã e tarde

Quiz do Conhecimento científico – Manhã e tarde

A Biblioteca do futuro? – Manhã e tarde

Exposição “O Cientista Dr. Severino Bezerra de Carvalho” – Manhã e tarde

 

Cine Biblio

*Lugares limitados – Público máximo: 100 pessoas

25/10

1ª Sessão – 12h / 2ª Sessão – 17h

Filme: Piratas da Informática, 1999, 1h35min.

Sinopse: A ascensão da Apple e da Microsoft, as duas maiores empresas de informática do planeta. Em busca da liderança do mercado Steve Jobs (Noah Wyle) e Bill Gates (Anthony Michael Hall), fundadores das empresas, enfrentam-se em uma guerra de bastidores.

 

 

29/10

1ª Sessão – 12h / 2ª Sessão – 17h

Filme: A Teoria de Tudo, 2015, 2h03min.

Sinopse: Baseado na história de Stephen Hawking, o filme expõe como o astrofísico fez descobertas relevantes para o mundo da ciência, inclusive relacionadas ao tempo. Também retrata seu romance com Jane Wilde, uma estudante de Cambridge que viria a se tornar sua esposa. Aos 21 anos de idade, Hawking descobriu que sofria de uma doença motora degenerativa, mas isso não o impediu de se tornar um dos maiores cientistas da atualidade.

 

 

30/10

1ª Sessão – 12h / 2ª Sessão – 17h

Filme: O óleo de Lorenzo, 1992, 2h09min.

Sinopse: Um drama real na vida de um pai e uma mãe que lutam para salvar a vida de seu filho. Augusto e Michaela Odone são pegos pelo destino: Lorenzo de cinco anos de idade é diagnosticado com uma rara e incurável doença, mas a persistência da família e sua fé os leva para a cura, salvando seu filho e mudando a história da medicina.

 

31/10

1ª Sessão – 12h / 2ª Sessão – 17h

Filme: Estrelas além do tempo, 2017, 2h07min.

Sinopse: No auge da corrida espacial travada entre Estados Unidos e Rússia durante a Guerra Fria, uma equipe de cientistas da NASA, formada exclusivamente por mulheres afro-americanas, provou ser o elemento crucial que faltava na equação para a vitória dos Estados Unidos, liderando uma das maiores operações tecnológicas registradas na história americana e se tornando verdadeiras heroínas da nação.

 

OFICINAS:

 ESTRATÉGIAS DE PESQUISA NA INTERNET

 

Objetivos:

  • Apresentar ao usuário os mecanismos para realizar pesquisas em fontes de informação eletrônica;
  • Contribuir para a recuperação de dados relevantes partindo dos questionamentos do Trabalho de Conclusão de curso;
  • Proporcionar aos alunos maior autonomia nas pesquisas.

 

Conteúdo programático:

  • Princípios da pesquisa científica;
  • Fontes de informação;
  • Estratégias da pesquisa eletrônica: truncamento, operadores lógicos (booleanos);
  • Apresentação e estratégias de busca no Google Acadêmico, Scielo, Repositório institucional, Biblioteca Digital de Teses e Dissertações, Catálogo de Bibliotecas, etc.
  • Apresentação do Portal da CAPES – Localizar Periódicos, artigos e bases de dados;
  • Apresentação de ferramentas que auxiliam o aluno na produção do TCC: Medenley, Google forms, etc.

 

CH: 3 horas

Data: 22/10

Turma 1: 14h – 17h

 

Data: 29/10

Turma 2: 18h-21h

 

Local: Auditório da Biblioteca Central / UEPB

Ministrante: Giulianne Monteiro

Inscrições: Biblioteca Central

 

 

S.O.S ABNT (Normas atualizadas)

 

Objetivos:

  • Discutir a importância da padronização dos trabalhos acadêmicos/científicos;
  • Compreender e aplicar a normalização nos trabalhos acadêmicos/científicos;
  • Apresentar as normas da ABNT utilizadas para estruturação dos trabalhos acadêmicos.

 

Conteúdo programático:

  • Conceito, objetivos e princípios da normalização;
  • Rigor científico e sua importância;
  • ABNT NBR 6022: Informação e documentação – Artigo em publicação periódica científica impressa;
  • ABNT NBR 6023: Informação e Documentação – Referências; ,
  • ABNT NBR 6024: Informação e Documentação – Numeração progressiva das seções de um documento escrito;
  • ABNT NBR 6027: Informação e Documentação – Sumário;
  • ABNT NBR 6028: Informação e Documentação – Resumo;
  • ABNT NBR 10520: Informação e Documentação – Citações em Documentos;
  • ABNT NBR 14724: Informação e Documentação – Trabalhos acadêmicos;
  • ABNT NBR 10719: Informação e Documentação – Relatório técnico e/ou científico;

 

CH: 3 horas

Data: 28/10/2019

Turma 1: 09h-12h

Turma 2: 18h-21h

Local: Auditório da Biblioteca Central / UEPB

Ministrante: Giulianne Monteiro

Inscrições: Biblioteca Central

 

PROCEDIMENTOS PARA ENTREGA DO TCC

 

Objetivo:

 

  • Orientar o aluno quanto aos procedimentos para a Solicitação da Ficha catalográfica e depósito da versão final do Trabalho de conclusão de curso.

 

Conteúdo programático:

 

  • Apresentação do SAGBI – Sistema de Apoio Gerencial a Biblioteca; Passo a passo para solicitar a Ficha catalográfica;
  • Apresentação do termo de depósito;
  • Apresentação dos modelos de capa/DVD e identificação do CD;
  • Plantão para tirar dúvidas;

 

CH: 2 horas

Data: 30/10/2019

Turma 1: 09h-12h

 

Data: 31/10/2019

Turma 2: 18h-21h

 

Local: Auditório da Biblioteca Central / UEPB

Ministrante: Giulianne Monteiro

Inscrições: Biblioteca Central

 

*Vagas limitadas.

20 de setembro de 2019

GEEK Jampa

Local: HALL da CIAC

8h00min – 22h00min

(em todos os dias do Evento)

 

29 de setembro de 2016

Devido à grande procura, a Pró-Reitora de Pós-Graduação e Pesquisa (PRPGP) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), aumentou o número de vagas oferecidas para os cinco minicursos que serão realizados durante o 24º Encontro de Iniciação Científica (EnIC). No total, 300 vagas estão sendo ofertadas. Cada minicurso oferece agora 60 vagas e os interessados podem efetuar a inscrição através do site oficial do evento, acessível pelo endereço eletrônico (http://congresso.uepb.edu.br/pibic).

Realizado pela Pró-Reitora de Pós-Graduação e Pesquisa, o XXIV ENIC 2017 acontece entre os dias 23 e 25 de outubro. O encontro, que este ano deve reunir mais de 1.200 estudantes das diversas áreas do conhecimento e terá como tema principal “Ciência, Tecnologia e Inclusão Social: democratizando conhecimento para construir cidadania”, acontece na Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó, em Campina Grande.

 

O XXIV EnIC

Em sua 24ª edição, o encontro contará com a apresentação de 416 projetos, todos na modalidade de comunicação oral. A programação inclui ainda minicursos, palestras e mostras culturais, além da apresentação de trabalhos dos alunos de Iniciação Científica da Instituição. No total, serão disponibilizadas 26 salas para a apresentação dos trabalhos e realização dos minicursos. O evento será aberto na segunda-feira (23), às 10h, do Auditório do Departamento de Psicologia, no Câmpus de Bodocongó.

O ENIC, segundo a pró-reitora de Pós-Graduação e Pesquisa, Maria José Lima, apresenta-se como mais um momento singular da formação para a pesquisa na UEPB, democratização do conhecimento e construção da cidadania. Maria José destaca que a Universidade tem feito grandes esforços para manter os níveis de investimento em pesquisa, apesar dos cortes acentuados que têm sido feitos pelo governo federal.

Apesar das dificuldades, a Iniciação Científica tem mobilizado mais de 400 professores orientadores e 876 alunos bolsistas. “Nossa preocupação é construir possibilidades de aprofundamento da interação da graduação com a pós-graduação a partir da Iniciação Científica, para melhor qualificar nossos alunos. Acreditamos, como Carlos Chagas, que “a universidade é um local onde se ensina porque se pesquisa”, frisa a pró-reitora.

Este ano, cerca de 1.200 estudantes que desenvolvem atividades de pesquisa na UEPB estarão participando do evento, principalmente os alunos contemplados pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC). Na programação do evento também haverá a premiação dos melhores trabalhos apresentados durante os dois dias de realização do Encontro.

 

Iniciação Científica

A Iniciação Científica é um programa coordenado pelo Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia que, desde 1952, vem estimulando os estudantes de graduação a enveredar pela pesquisa. Os graduandos da UEPB têm participado ativamente do programa, desenvolvendo pesquisas nas mais variadas linhas do conhecimento. Atualmente, mais de 400 projetos desenvolvidos por estudantes da UEPB estão em execução em todos os câmpos da Instituição. Cada projeto pode envolver até quatro alunos, dependendo da abrangência do tema e da pedagogia do professor.

 

Texto: Severino Lopes

12 de setembro de 2016

A Organização do XXIII Encontro de Iniciação Cientifica da UEPB informa que entre a programação do evento, será lançado o livro do Prof. Dr. José da Silva Mourão em parceria com a Dr. Dandara Monalisa Bezerra.

O título do livro é “Etnobiologia, Etnoecologia e Pesca Artesanal” e foi editado pela editora da Universidade Estadual da Paraíba – EDUEPB.

sem-titulo

23

José da Silva Mourão é Doutor em Ecologia e Recursos Naturais, pela Universidade Federal de São Carlos (2000). Atualmente, é professor Doutor Associado “A” (Associado 1) na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Credenciado nos seguintes Cursos de Pós-Graduação: Ecologia e Conservação (PPGEC-mestrado) (UEPB, permanente), Desenvolvimento e Meio Ambiente (PRODEMA (UFPB, mestrado) (UFPB, permanente), Doutorado em Etnobiologia e Conservação da Natureza (PPGETno ) (UFRPE, UEPB e URCA, permanente); onde atua nas seguintes linhas de pesquisa: Etnoecologia e Etnobiologia. Atua nos seguintes temas: Conhecimento Ecológico Local (CEL), Uso, formas de apropriação de recursos faunísticos marinhos e estuarinos, manejo informal, etnotaxonomia, cogestão de pescadores, marisqueiras(os) e caranguejeiros.

 

17 de outubro de 2014

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), através da Pró-Reitora de Pós-Graduação e Pesquisa (PRPGP), realiza entre os dias 11 e 13 de novembro, no Centro de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó, o 22º Encontro de Iniciação Científica da Instituição. O evento, que há mais de duas décadas faz parte do calendário de atividades da Universidade, este ano terá como tema central “Ciência e Tecnologia Para o Desenvolvimento”.

As atividades estão distribuídas entre palestras, mesa redonda, apresentação de trabalhos e minicursos. A estimativa da organização é que este ano, mais de 1.500 pessoas, entre estudantes, professores e pesquisadores de várias universidades do país participem da edição 2015. A abertura oficial do Encontro acontece na noite do dia 11 de novembro, em solenidade presidida pelo reitor Rangel Junior e pela pró-reitora de Pós-Graduação e Pesquisa, professora Maria José Lima.

Embora a abertura oficial esteja programada para a noite, as atividades do evento já começarão a ser desenvolvidas ao longo do dia, com a realização dos minicursos. Estão confirmados os minicursos “Gostar de fazer pesquisa”, “Um bom projeto de pesquisa”, “Tecnologias e interdisciplinaridade a serviço da arqueologia no resgate do passado”, “A importância da Estatística na pesquisa científica e na tomada de decisão” e “Inovação Tecnológica em Nanotecnologia para o Desenvolvimento de Sistemas Inteligentes”.

Também estão confirmados a “Oficina terapêutica: nosso corpo, nossa mente”, a ser ministrada pela professora Maria do Socorro Barbosa e Silva, e os cursos “Caracterização dos resíduos dos serviços de saúde: instrumento para seu gerenciamento”, a ser ministrado pela professora Célia Regina Diniz; “O desafio da escrita científica na era qualis”, com o professor Cidoval Morais; e “Os números primos e a criptografia”, ministrado pelo professor Vendenberg Lopes Vieira.

O segundo dia do Encontro estará reservado para apresentação de trabalhos dos alunos. Serão apresentados mais de 400 projetos contemplando as oito áreas do conhecimento estabelecidas pelo CNPq. No entanto, levando em consideração o número dos chamados “pequenos projetos” que também devem ser inscritos, o número pode ultrapassar os 1.200 trabalhos. Os projetos contemplam todos os oito câmpus da UEPB e serão apresentados através de painéis ou de forma oral.

No último dia do evento acontece a reunião do Comitê Institucional da UEPB, formado por professores que têm boa produção científica, bem como a reunião do Comitê Externo, formado por professores avaliadores do CNPq. Este ano, cerca de 15 avaliadores representando várias universidades do país devem participar do Encontro.

A Iniciação Científica é um programa coordenado pelo Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia que, desde 1952, vem estimulando os estudantes de graduação a enveredar pela pesquisa. Os graduandos da UEPB têm participado ativamente do programa, desenvolvendo pesquisas nas mais variadas linhas do conhecimento. Atualmente, 428 projetos desenvolvidos por estudantes da UEPB estão em plena execução em todos os câmpus. Cada projeto pode envolver até quatro alunos, dependendo da abrangência do tema e da pedagogia do professor.

A Instituição conta com 516 alunos contemplados pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC), sendo que desse universo apenas 161 são financiadas pelo CNPq. Os demais são financiados exclusivamente pela UEPB. A UEPB é a única universidade do país que financia a maioria das bolsas de iniciação científica.